[ editar artigo]

Qual a diferença de progressiva para os alisamentos de base alcalinas, como hidróxido de amônio ou guanidina?

Qual a diferença de progressiva para os alisamentos de base alcalinas, como hidróxido de amônio ou guanidina?

Então vamos começar com os alisamentos de bases dos hidróxidos, que podem ser de lítio, guanidina, sodium que tem sua base alcalina. A diferença deles é que o que tem guanidina precisa do líquido, os outros não, mas como acontece o alisamento em si, os hidróxidos queimam uma ponte de ligação e com isso acontece o alisamento sem a necessidade de neutralizar a ação no momento do enxague já acontece a neutralização.

Já com a amônia acontece o desligamento de uma ponte e é preciso a neutralização para parar a ação que liga novamente essa ponte de ligação, aí a ponte e a transformação do fio para liso no caso da progressiva é um alisamento de base ácida chegando às vezes até a ter o PH 1

e faz mal ao manto hidrolipídico e na fibra capilar acontece a mudança das pontes de ligação que se transformam em pontes de etileno, ou seja, o cabelo fica plastificado, dificultando outros tipos de transformação como coloração e descoloração, ou até mesmo tratamentos, com isso o fio vai afinando e por isso quebra, contudo os outros alisamentos citados acima precisam de técnica e conhecimento para ser aplicado.

Foi por essa razão, creio eu, que foi criada a progressiva, mas não sabíamos desses problemas que ela causaria, só com o passar do tempo que fomos ver os males que ela trazia com essa facilidade. 

 

 

Curso de Colorimetria

Educadores da Beleza - Comunidade de Colorimetria Avançada
Ler conteúdo completo
Indicados para você