[ editar artigo]

Vinagre: A nova onda do momento

Vinagre: A nova onda do momento

Em tempos de internet, a verdade depende de quem fala, não é verdade?!

Na maioria das vezes as pessoas se levam pelos boatos, todos já ouvimos:

A VOZ DO POVO É A VOZ DE DEUS!

Então se tem muita gente falando, com certeza é verdade. DE MÉDICO E LOUCO TODO MUNDO TEM UM POUCO

Eu vou além, de cabeleireiro também todo mundo tem um pouco, então está na internet, então é verdade. Mas principalmente nós profissionais precisamos estar muito bem informados, para que nenhuma onda ou moda possa nos levar ao caminho do engano.

Por essas e outras quero compartilhar com vocês sobre o VINAGRE, assunto do momento, afinal qual a verdade sobre este produto tão falado, o que a ciência comprova sobre seus resultados?

A composição química do vinagre é ÁCIDO ACÉTICO, também conhecido como ácido etanoico, é um composto do grupo dos ácidos carboxílicos e essa é sua fórmula estrutural.

Fórmula estrutural do ácido etanoico ou acético

Ele é o principal constituinte do vinagre, que é uma solução aquosa de 4 a 10% em massa de ácido acético. Ele foi obtido pela primeira vez por meio do etanol do vinho, que se oxida com o oxigênio presente no ar. Daí a origem do seu nome, pois vinho azedo vem do latim acetum que significa “vinagre”. O uso desse composto é muito antigo, inclusive, as legiões romanas que conquistaram grande parte do mundo, conhecidas no século III a.C., marchavam longas distâncias e levavam consigo um frasco contendo vinho azedo diluído. Essa mistura de ácido acético estimulava a salivação dos soldados e diminuía a sensação de sede.

Existem 4 tipos de ÁCIDO ACÉTICOS:

  • SANEANTES
  • FÁRMACOS
  • COSMÉTICO
  • CULINÁRIO

Não podemos afirmar que o vinagre não traga benefícios para o cabelo porque algumas informações que temos realmente são relevantes, como por exemplo o fato do vinagre ser um aliado ao tratamento do couro cabeludo, pois ele possui propriedades antibacterianas, antifúngicas e anti-inflamatórias, e por essas razões ajuda no equilíbrio da microbiota, renovação e cicatrização do couro cabeludo, ajudando assim na saúde do bulbo capilar, ajudando portanto no crescimento do fio, daí o porque que dizem que vinagre faz o cabelo crescer, ou seja, não é o vinagre, e sim todo o cuidado envolvido no tratamento do couro cabeludo que trará esse benefício. Mas por ser um ácido todo cuidado é pouco, porque sem a ajuda de um profissional habilitado ele pode trazer sérios danos a saúde.

Também não podemos afirmar que o vinagre não interrompe o emborrachamento do cabelo após algumas químicas, mas também não podemos afirmar que ele trata o o fio, que ele é bom para o fio. Ele dá um sensorial de brilho, um enrijecimento da fibra e um brilho porque fechas as cutículas do cabelo, porém você profissional tem que entender que aquele fio, que foi selado naquele momento pela acidez do vinagre, está sem nutrientes que tem afinidade ao fio, que se unirão a ele para se reconstruir, e aí sim tratar. no momento que você sela a cutícula sem isso você apenas adia o problema. isso sem contar que podem ocasionar 2 problemas:

1- DESESTRUTURAÇÃO POR CORROSÃO: (QUEBRA) porque algumas partes importantíssimas serão perdidas ou seriamente comprometidas, como a camada 18 MEA, comprometendo a umectação e hidratação do fio;

2- DEFORMAÇÃO POR CONTRAÇÃO ÁCIDA: Níveis extremos de acidez também desnaturalizam o fio, o fio contrai fica rígido, liso, brilhoso e firme, mas por dentro, com o tempo deixa de ser cabelo. Isso nos lembra um outro efeito de um produto bem comum nos nossos dias não é verdade?!

E sabe por quê? Por ser um ácido agente do grupo carboxílico, a indústria cosmética usa muito dele para a produção das famosas escovas progressivas ácidas, ou seja, ele não traz benefícios ao cabelo e sim a indústria cosmética que o usa como agente externo polimerizante, e sabemos que o uso dessas progressivas vão formando pontes etilênicas e metilênicas que desnaturalizam o cabelo.

Não existem estudos científicos conclusivos que provem que o vinagre traga benefícios para o cabelo, pelo contrário, existem estudos científicos que apontam através de experimentos que o vinagre de maçã degrada as proteínas do corpo, se seguirmos esta linha, e pensarmos que o cabelo é feito de proteína, podemos chegar a conclusão mínima de que todo cuidado é pouco não é verdade?!

Existem produtos com ÁCIDO ACÉTICO formulados para uso cosméticos, cujo teste são feitos para uso cosméticos, inclusive que são usados com outro tipo de princípios ativos adicionados para um melhor resultado, mas nunca use o vinagre de cozinha em sua cliente, não gera valor no seu serviço, não é profissional. Pesquise sobre o assunto, procure fontes idôneas que trarão a você uma maior clareza sobre o assunto. 

Espero através deste artigo, trazer uma clareza maior sobre o assunto e despertar em você um desejo de estudar cada vez mais sobre tudo aquilo que está relacionado sua profissão!!!

CARLA NASCIMENTO / Colorimetrista

 

 

 

Educadores da Beleza - Comunidade de Colorimetria Avançada
Carla dos Santos Nascimento
Carla dos Santos Nascimento Seguir

Formada a 20 anos, sempre me especializando em loiros e cores fashion, minha paixão! Tenho um espaço desde então mas trabalhei por muito tempo a domicílio. Hoje graças a esse trilho de aprendizado do educadores da beleza, ganhando muita confiança!!!

Ler conteúdo completo
Indicados para você