[ editar artigo]

Cabelo crespo e seus cuidados

Cabelo crespo e seus cuidados

Olá leitores!

Hoje venho falar sobre algo que é bem natural, porém para algumas adolescentes, jovens e talvez até mesmo mulheres maduras que seja, ou tenha descendentes negros, ainda não saibam identificar o tipo específico do seu cabelo crespo, mas talvez seja porque há décadas a nossa sociedade julgava como sinônimo de cabelo bonito, apenas o cabelo liso e jamais o natural. Durante anos só estampava capas de revistas, outdoors ou até mesmo uma propaganda televisiva de uma marca de shampoo, jamais davam lugar e nem incentivo científico para auxiliar mulheres negras ou afro descendentes a terem conhecimento quanto a sua estrutura capilar e qual melhor tratamento cada uma deveria usar, seja ele com química que podem ser a base de Tioglicolato Amônio, Hidróxido ou Guanidina... Porém, numa outra oportunidade explicarei melhor a cada qual se destina.

Hoje a informação e o conhecimento é para todos, desde que saiamos da nossa zona de conforto e procuremos fazer diferente a cada dia.

Eu aqui sou prova viva pra dizer, falo, falo... Então vamos lá, chega de papo! 

Vou falar algumas características dos cachos tipo 4 A , 4 B e 4 C para que de fato todo esse desconhecimento seja coisa do passado e que seja mais fácil o entendimento, ajudando você leitora querida, esse mundo tão lindo e charmoso dos cachos crespos que também tem a sua beleza.

Então segue abaixo suas características peculiares:

Cabelo crespo tipo 4 A: Apresenta cachinhos em formato de espiral tipo "zigui zague", que são mais definidos e fechados, tem um volume na sua maior característica e tem uma tendência a formar frizz, podendo ser facilmente confundido com 3 C.

Cabelo crespo tipo 4 B: Este fio 4 B são cachos ainda menores, além de serem mais finos e frágeis. São bem parecidos nas características com 4 A, porém tem muito mais volume na estrutura.

Cabelo crespo tipo 4 C: O fio 4 C é o cabelo mais crespo que existe, desde que seja de origem natural, onde não forma cachos por conta própria, onde há necessidade de técnicas de texturização ou dedoliss para defini-lo, porém esse tipo de cabelo é o único que forma aquele Black Power "Maravigold" para você arrasar nos bailes de charme da sua cidade.

Agora que você já entendeu e já sabe diferenciar os cachos, vamos aos requisitos para a rotina de cuidados diários:

✓ Use produtos adequados ao seu tipo de fio para ter um melhor aproveitamento de cada nutriente;

✓Somente desembarace o cabelo molhado, para que os fios não se quebrem;

✓Esteja atento ao cronograma capilar, porém tenha sempre em mente que esse tipo de fio necessita de produtos que sejam a base de lipídeos (aloe vera, cupuaçu, murumuru entre outros);

✓Use produtos sem Sulfato, Petrolato e Parabenos, ou seja, aqueles que eu tenho certeza que já ouviu por aí como "LIBERADOS"!!!

✓Lave- o somente com água fria... eu disse fria mesmo, se possível do tanque. Jamais morna ou quente, pois se estiver quente promove um maior ressecamento; 

✓Ao finalizar use pente de "dentes largos", creme de pentear + mousse ou leave-in e deixe preferencialmente secar naturalmente. Ah, uma dica de ouro: Não mexa até que os fios estejam totalmente secos e "durinhos" mesmo;

✓Por último, para ARRASAR, tenha em mãos reparador e pente garfo para dar volume controlado na raiz e proporcionar balanço, brilho e naturalidade tensione- os com as mãos para soltá- los.

Espero que gostem dessas dicas!!!

Até a próxima... bjosss

 

 

 

 

Educadores da Beleza - Colorimetria
Tamiris Cecatto
Tamiris Cecatto Seguir

Cabeleireira e Colorimetrista formada pelo Colorimetria Avançada by Alejandro Valente

Ler matéria completa
Indicados para você