A Comunidade está de cara nova!
Atividades
  • Favoritos
  • Tags
  • Notificações
Nenhum artigo favorito

Técnicas de oratória para falar bem em público

Técnicas de oratória para falar bem em público
Ju Rodrigues
jul. 11 - 5 min de leitura
26 Curtidas
13 Comentários
1

Em um mundo competitivo, onde um bom marketing pessoal pode ser a senha para o sucesso, há necessidade da competência técnica, competência comportamental e emocional, que incluem relações interpessoais mais enriquecedoras. Quem de nós não quer ser ouvido com interesse e respeito, ser aceito, persuadir o interlocutor com ideias claras, coerentes e objetivas? Sabe o que você tem a ganhar melhorando as suas comunicações?

Autoconhecimento - A medida que expandimos nossas comunicações e compartilhamos informação, as pessoas passam a ter opiniões sobre nós e dessa forma recebemos o feedback, um elemento essencial na construção do autoconhecimento.

Autoconfiança - Se um comunicador reconhece seus pontos fortes e fracos, poderá direcionar melhor suas ações e criar relações mais harmoniosas com os interlocutores.

Liderança - Através da boa comunicação os talentos individuais afloram e geram líderes com competência técnica e interpessoal para realizar o trabalho em equipe necessário ao fortalecimento e a prosperidade dos negócios.

Oportunidades profissionais - Na era do capital intelectual, compartilhar o conhecimento é um diferencial competitivo. Faça das suas comunicações um investimento lucrativo!

Vitória sobre os desafios - Através das comunicações enfrentamos os desafios com mais entusiasmo, porque nossos horizontes se abrem e contamos com mais possibilidades diante dos obstáculos. 

COMO ADMINISTRAR MEDOS E INIBIÇÕES

– Fortaleça a auto-estima: Quanto maior a auto-aceitação, mais condições haverá de ser ativo perante as barreiras. A forma como o orador atua é produto da auto-estima. O que a pessoa pensa de si própria centraliza as chances de equilíbrio, ou não, perante as tensões. Falar em público significa expor-se a julgamentos.

– Reconheça e identifique suas barreiras e bloqueios. Por exemplo, “quando preciso apresentar-me em público, sinto-me ameaçado, ansioso e inibido, mesmo sabendo que tenho condições para uma comunicação de qualidade”.

– Procure enfrentar seus sentimentos corajosamente. Quem quer crescer precisa promover mudanças internas e externas que visem ampliar o círculo de atuação comunicativa e sair da zona de conforto, em busca de comunicações mais produtivas.

– Quando receber um convite, encare-o como um desafio. Esqueça-se do medo e ouse. É a sua chance de crescer. Planeje, organize e treine. Só assim você vai melhorar a sua atuação como comunicador. 

– Crie objetivos tangíveis. Diga, por exemplo, “quero superar meus pontos frágeis para me tornar um comunicador de sucesso. Só tenho a ganhar com isso, porque ocuparei espaços que até agora deixei vazios, por comodismo ou por medo. 

– Marque um dia para iniciar o plano e determine um tempo para concretizá-lo de forma efetiva.

– Defina e planeje estratégias facilitadoras. Por exemplo, ler em voz alta sobre assuntos variados, participar de cursos de liderança, de técnicas vocais e teatrais, de comunicação verbal e não verbal; decorar poesias; praticar a arte de ouvir e conversar socialmente; aprender técnicas de planejamento e apresentação em público

Não comece uma apresentação sem aquecimento. Faça pelo menos vinte minutos de exercícios de dicção e articulação, e de relaxamento para os músculos da face e da região do pescoço.

Repasse mentalmente o roteiro, reforçando a introdução e o encerramento.

Concentrar-se para começar bem o trabalho.

O aquecimento do comunicador deve ser tanto físico quanto mental.

Mantenha contato visual com a plateia.

Essa é uma maneira de prender o interesse da plateia, além de transmitir confiança e segurança. É o elo entre apresentador e participante, através do qual muitos dados e intenções são transmitidos. O contato visual é um importante canal de identificação da personalidade do profissional.

SEJA SIMPLES E NATURAL

Lembre-se de que sua plateia quer se comunicar com você, por isso ela está ali, e cabe a você facilitar o processo. Os atos simples e natural se manifestam naqueles momentos em que a comunicação flui e a leveza do ambiente é favorável a troca. A simplicidade e a naturalidade estão presentes quando identificamos e afastamos os obstáculos que interferem na comunicação.

– Não tenha medo sucesso! Não boicote a si mesmo escondendo-se sob a máscara do medo. Não tenha tanto medo de errar em suas comunicações. Só quem faz, quem ousa, pode errar. O “não” você já tem, antes de tentar. Experimente o prazer de investir no excitante caminho dos riscos e ouvir o “sim”. Você pode administrar muito bem o seu sucesso. Você batalhou para isso. É só continuar. Vá em frente, abra caminhos, não desista. A comunicação é uma chance de você aparecer e mostrar a sua inteligência. As suas forças internas só vão torná-lo uma pessoa melhor. Ser admirado, ser aceito pela própria competência, estabelecer relações interpessoais mais livres são desejos de qualquer cidadão. Lute por isso! Brilhar não é pecado!

 

 

 

 

 


Denunciar publicação
26 Curtidas
13 Comentários
1
0 respostas

Indicados para você


Educadores da Beleza - Comunidade de Colorimetria Avançada

Verifique as políticas de Privacidade e Termos de uso

A Squid é uma empresa Locaweb.
Todos os direitos reservados.