[ editar artigo]

Quero ser loira. O que é preciso saber?

Quero ser loira. O que é preciso saber?

Qualquer transformação feita na cor do cabelo altera a textura dos fios. Por isso, antes de fazer uma mudança no visual,  é importante preparar os fios para a transformação, principalmente se o objetivo for ficar loira. A descoloração necessária para clarear o cabelo é um processo que pode deixar a fibra capilar ressecada, se não for feita da maneira correta e por um profissional, então é fundamental que os fios estejam fortes e saudáveis para que não sofram quebra. 

1- ESCOLHA O MELHOR TOM DE CABELO LOIRO PARA VOCÊ

Escolher a melhor opção entre os tons de loiro disponíveis faz toda a diferença no resultado da transformação. Não existe cor certa e cor errada, mas algumas tonalidades valorizam mais o visual do que outras, e essas nuances variam de pessoa para pessoa. A cor de base dos fios é um bom ponto de partida; cabelos mais escuros, como o preto e o castanho tem o fundo de clareamento avermelhado, então combinam com tons quentes como loiro mel, caramelo e dourado. Você pode começar apostando em uma dessas nuances para se acostumar com o novo look, já que elas não amarelam com tanta facilidade. Depois, você pode clarear mais os fios se sentir vontade.

2- FAÇA DA HIDRATAÇÃO CAPILAR UM HÁBITO

O cabelo loiro precisa de mais tratamento do que os fios escuros porque tende a ser um pouco mais seco. Por isso, incorpore à sua rotina o hábito de fazer hidratação em casa semanalmente. Assim, você já vai nutrindo e preparando os fios para o processo da descoloração nas semanas anteriores à transformação. Opte por linhas profissionais de manutenção, pois elas já vem com ativos a mais, o que agride menos os fios. Tendo esses cuidados, você recupera sua fibra e ajuda o pigmento da coloração a durar mais tempo no cabelo.

3- DIMINUA O USO DO SECADOR, CHAPINHA E BABYLISS

Secador, chapinha e babyliss usam temperaturas muito altas para modelar a textura do cabelo, e esse calor em excesso pode deixar os fios ressecados rapidamente. Um cabelo seco é naturalmente mais frágil, e pode se partir durante a descoloração. Após a mudança de visual, é possível que o quadro se agrave e provoque a formação de pontas duplas. Nos cabelos loiros, isso significa que a cor pode desbotar mais rapidamente e ficar amarelada com facilidade. Reduzindo o uso dessas ferramentas nas semanas anteriores à transformação, você garante mais força e saúde para as madeixas, conquistando um resultado muito mais bonito e duradouro.

4- FAÇA RECONSTRUÇÕES CAPILARES PARA FORTALECER A FIBRA

 A reconstrução é o tratamento responsável por devolver a massa perdida pela fibra capilar durante o processo químico. O ritual fortalece a estrutura do fio, tornando-o mais resistente aos próximos procedimentos químicos e evitando a quebra e o corte químico. 

5- CORTE O CABELO ANTES OU APÓS A TRANSFORMAÇÃO

Um ponto positivo é eliminar a parte mais fragilizada que podem vir a quebrar com a descoloração, evitando o efeito de pontas espigadas. Por isso o ideal é sempre dar uma cortada nas pontas após a descoloração. Se o objetivo for cortar uma parte maior dos cabelos recomenda-se fazer isso antes da descoloração, assim o cabeleireiro não vai precisar clarear a porção de cabelo que seria cortada posteriormente, então o processo fica muito mais rápido.

Deixe seu comentário se você gostou desse conteúdo. 

Educadores da Beleza - Comunidade de Colorimetria Avançada
Cidonia Henz
Cidonia Henz Seguir

Cabeleireira a três anos. Colorimetrista formada a dois. O conhecimento liberta! (Alejandro Valente)

Ler conteúdo completo
Indicados para você