[ editar artigo]

Progressiva x Loiro

Progressiva x Loiro

Dentre os principais procedimentos feitos na rotina do meu trabalho, está a procura das clientes pelo clareamento das madeixas. Primeiramente, na etapa do diagnóstico, procuro ouvi-la atenciosamente para entender qual a melhor técnica, cor e quais as químicas pré-existentes. Ainda nessa etapa, antes de fazer o teste de mechas, observo que a maioria das clientes tem progressiva no cabelo, mas, o desejo é ter loiro bonito e saudável. É possível com progressiva?

Infelizmente não! Queria muito que fosse! Como profissional, não devo comprometer-me com resultados os quais não posso entregar.

A maioria das progressivas, selantes, botox, escovas orgânicas, etc. (representam a mesma coisa), contém formol direto em sua composição ou algum tipo de ácido que, ao passar pela etapa de aquecimento com secador e prancha, liberam formaldeídos ou aldeídos similares ao efeito do formol. O cabelo alisado por esses métodos não reage aos procedimentos químicos da mesma forma que o natural. Essa desnaturação sela as cutículas tornando os fios impermeáveis, (plastificados), dificultando o clareamento no tempo estimado, ou seja, o processo de clareamento leva mais tempo e, com isso, agride ainda mais os fios; em alguns casos não atinge o fundo de clareamento esperado, e no processo do teste de mechas é possível observar a ocorrência do superaquecimento acarretando a quebra (incompatibilidade química).

Então é possível fazer progressiva depois do clareamento? Também não é aconselhável! As progressivas amarelam ou deixam alaranjado, dependendo da altura do tom de loiro, pois, desbota a tonalização deixando a mostra o fundo de clareamento indesejado. A maioria das clientes desejam tons neutros e frios. Os alisamentos também dificultam a absorção dos nutrientes contidos nos tratamentos como aplicação de reconstruções.

E agora?? Como tratar esse cabelo que acabou de passar por um procedimento de clareamento (mechas), removendo a melanina natural, e outras proteínas presentes na composição dos fios?

O alisamento acarreta uma série de problemas, principalmente quando atinge o período de retoque da raiz. Progressiva não trata o cabelo, apenas camufla o estado real do fio, já que cabelo selado reflete luz. Depois de algum tempo reaplicando o problema ainda é pior ocasionando o afinamento e quebra dos fios. Já observaram como as pontas vão ficando ralas? Além de todas as questões supracitadas, a progressiva faz mal a saúde da cliente e, principalmente, dos profissionais da beleza constantemente em contato com as substâncias tóxicas liberadas durante o procedimento.

Portanto, concluo ser mais correto aconselhar as clientes que gostam de ser loiras optarem por processos de alisamento temporário como fazer uma escova da forma correta sem aquecer diretamente os fios (Dica útil: assista o vídeo explicativo postado no feed do instagram (<@esquinadabeleza25>), dessa técnica. Assim, é possível atingir um resultado satisfatório das mechas mantendo por mais tempo a saúde dos cabelos.

 

 

Educadores da Beleza - Comunidade de Colorimetria Avançada
Ler conteúdo completo
Indicados para você