[ editar artigo]

Postura do profissional no salão de beleza

Postura do profissional no salão de beleza

Como criar um ambiente saudável e agradável para todos os clientes no salão.

Todos nós já ouvimos falar que salão é lugar de fofoca, mas nós profissionais podemos mudar essa realidade.

Alejandro sempre diz que nós não precisamos aprender com nossos erros,  mas com erros dos outros. Podemos também aprender com os acertos.

Essa foi a minha realidade.

Se aprendermos desde o início da nossa carreira a não se envolver em assuntos pessoais, vamos conseguir passar uma postura mais profissional.

Na nossa profissão só ganhamos dinheiro por prestação de serviços, então temos muitas coisas para conversar com as clientes, por exemplo: como está a estrutura do cabelo dela, o procedimento que será executado, o produto que o salão trabalha, quais os benefícios dele, fazer venda de manutenção home Care, etc.

Quando chegar mais clientes, tente apresentar à todos para que eles possam interagir sem que tome partido de preferência.

Quando eles começam a conversar vão falar de algo que todos possam ouvir e participar, mas é claro que sempre tem as que gostam de uma vida alheia. Procure sempre mudar de assunto oferecendo uma água ou café.

Tente falar de coisas alegres para todos ouvirem e assim cria-se um espaço agradável e se tiver alguém na equipe envolva no contexto. Não permita que nenhuma conversa alheia parta de vocês profissionais, e assim terá um espaço agradável.

Postura no salão: trabalhe sempre de uniformes, jalecos e de roupas adequadas. Não use shorts, mini-saias, roupas transparentes ou muito marcantes, o jaleco ajuda muito.

Lembre- se que suas clientes tem maridos e namorados e dependendo da sua postura não indicará o salão, isso serve para manicures esteticistas e donos de salão.

Nunca fique sem calçado no salão, mesmo o salão sendo na sala da sua casa! Use calçados confortáveis para suportar o dia intenso, até porque é seu local de  trabalho. Você não vê ninguém sem calçados no comércio, hospital, nos escritórios, por que no salão pode? Mesmo que esses clientes sejam mãe, irmão, amigo, etc.

Fazer errado é necessário fazer a primeira vez, depois vira hábito.

Se formos profissionais de todas as formas, tenho certeza de que nosso salão e profissão não será visto como lugar de fofoca e de profissional desqualificado e descriminado pela sociedade. 

Fica a dica de quem viveu essa experiência!

Sempre vale apena ser reconhecido como profissional.

Educadores da Beleza - Comunidade de Colorimetria Avançada
Ler conteúdo completo
Indicados para você