[ editar artigo]

Potencial hidrogeniônico - pH

Potencial hidrogeniônico - pH

Conceito: Potencial hidrogeniônico ou poder, potência de H+.

Tudo em nossa vida, existe pH. Nos mares, na terra, no nosso corpo, naquilo que ingerimos e em nosso cabelo. 

Função: Consiste num índice que indica a acidez, neutralidade, ou alcalinidade de um meio qualquer. Existe uma escala que vai de 1 a 14, onde podemos ver se uma substância será ácida, neutra ou alcalina. Quanto menor o pH de uma substância, maior a concentração de íons H+ e menor a concentração de íons OH-. O pH de uma substância pode variar de acordo com sua composição, concentração de sais, metais, ácidos, bases, substâncias orgânicas e da temperatura. Exemplo disso é a água oxigenada. Ela tem que ser desmineralizada, ou seja, tirar todos metais pesados dessa água, para que ela venha a ter um pH ácido.

Ácidos e bases são dois tipos de substâncias corrosivas, porém, elas são consideradas opostos químicos. Uma das maiores diferenças entre ácidos e bases, é que as bases, em contato com soluções aquosas, liberam ions negativos, as hidroxilas (OH-). Já os ácidos, em contato com água liberam íons de hidrogênio (H+).

CARACTERÍSTICAS DOS ÁCIDOS:

• Gosto amargo;

• Pode queimar a pele quando tocado;

• Pode corroer metais e pele.

CARACTERÍSTICAS DAS BASES:

• Gosto adstringente;

• Ao tocar se sente algo viscoso;

• Muitas bases reagem com ácidos e geram sais;

• Bases fortes reagem violentamente com ácidos. 

OBJETOS PARA IDENTIFICAR O pH

Fenolftaleína: É um indicador líquido, que fica incolor em meio ácido e rosa intenso em meio alcalino. 

Papel de tornassol: É um dos mais antigos indicadores ácido base. É extraído da planta líquen (encontrada na Holanda) e fixado (impregnado) em papel poroso. Pode apresentar em três diferentes cores: vermelho, usado para testar bases; o azul para testar ácidos e neutro para testar os dois. O papel de tornassol muda de cor ao entrar em contato com uma determinada solução.  

● O tornassol azul, em presença de uma solução ácida, muda do azul para o vermelho;

● O tornassol vermelho, em contato com base, muda para a cor azul; 

● O tornassol neutro, em contato com ácidos, tornam-se vermelho, em contato com bases, tornam-se azul.

PHMETRO: É composto por um eletrodo de pH e um circuito potenciômetro, e a medição acontece quando o eletrodo que é parte essencial da análise, é submerso na amostra, produzindo milivolts que são convertidos em uma escala de pH.

LEVANDO O pH PARA O CABELO

O cabelo seco não possui pH, porque só quem tem pH são solução líquidas, então, para medir o pH do cabelo é necessário que ele esteja molhado. Agora o que acontece é o seguinte, o cabelo tem uma camada ácida que cobre cada fio capilar, que é formada de óleos que transpira, então, quando o cabelo está transpirando é que desenvolve o tipo de pH para ele.

Sendo assim, o pH do cabelo varia entre 4,5 e 5,5. Quando fazemos qualquer transformação no fio, seja coloração, descoloração, alisamentos com tioglicolato ou hidróxido, estamos elevando esse pH para alcalino (cutículas porosas e frágeis). Para que possamos ter cutículas seladas novamente, com fios brilhantes, temos que usar produtos de tratamento como máscaras e condicionadores para que possamos aos poucos devolver o pH ideal para esse fio.

 

Educadores da Beleza - Comunidade de Colorimetria Avançada
Ler conteúdo completo
Indicados para você