[ editar artigo]

O que é cor? Como essa ciência influenciou a cor cosmética?

O que é cor? Como essa ciência influenciou a cor cosmética?

A ciência que estuda as cores, denominada colorimetria, desenvolve métodos de qualificação da cor e também estuda o tom, a saturação e sua intensidade.

O que faz com que a cor seja identificada como azul, vermelho, amarelo ou qualquer outra é o tom, porque existem variáveis de azul, vermelho e amarelo.

A saturação mostra se ela é natural ou pigmentada artificialmente, onde é possível fazer mudança na cor para mais opaco e mais luminoso.

Já a intensidade é responsável pela caracterização da força da cor, elas são divididas como primárias, secundárias, complementares.

O uso desse estudo foi muito bem implantado nas indústrias de colorações para transformação da cor do cabelo.

Cor cosmética

Para isso foi preciso criar um produto com reação química, capaz de oxidar a cor natural do cabelo, oxidar o corante artificial e transforma-lo em cor, levando em conta que ao adicionar cor onde há cor, haverá a saturação e intensidade da cor. Diante disso, como garantir a fidelidade do tom apresentado pelo produto coloração?

Foi necessário unir o estudo da Colorimetria Capilar ao estudo da ciência química em cosmetologia.

Por isso é importante entender qual a função dos agentes químicos dentro do tubo de coloração e como acontece a reação química que dará origem a cor.

O corante tem que ser exposto ao agente oxidante (OX) em meio alcalino  (hidróxido de amônio), o oxidante tem a função de oxidar o agente precursor         (corante que dará origem a cor da altura de base), gerando o intermediário diimina (cor), um composto altamente reativo. Na ausência de um acoplador, a oxidação do intermediário pode formar compostos coloridos polinucleares gerados pela reação entre a diimina e a amina original, formando a chamada base de Bandrowski. Lembrando que sem o acoplador essa cor base está sem a contra cor para neutralizar o fundo de clareamento, o que irá comprometer o resultado da cor proposta pelo produto. Para amenizar esse problema foi necessário adicionar mais corantes oxidativos para criar o fundo de pigmento, para que sobre ele fosse revelada a cor, com o fundo de pigmento servindo de forro sobre o fundo de clareamento do cabelo, pois seria possível ter mais fidelidade na cor proposta pelo produto (coloração).

Cada empresa escolhe qual será seu fundo de pigmento e assim será posto seu corante oxidativo, que terá como cor final a ser revelada, onde temos empresa de fundo de pigmento verde, violeta e azul.

Como é a influência do fundo de pigmento sobre a cor?

Para melhorar sua experiência no entendimento e ajudar você a fazer uso do conhecimento para criar tons desejados por sua cliente, vou dividir com você o teste que eu fiz em meus estudos.

Exemplo: Fundo de clareamento 7 

Empresa de fundo de pigmento diferentes: Violeta - Verde - Azul 

Color touch verde, probelle violeta, diarichesse azul.

Aplicado 7.7 loiro médio marrom.

Comparativo com a cartela de cores. 

Fundo de clareamento 7 com mais resíduo de cores.

Intensificando a mistura 7.7 com corretor azul, vermelho e amarelo para marrom mais profundo.

Fazer uso do conhecimento aprendido em Colorimetria Avançada te dá habilidades para imitar os tons mais usados pelas famosas.

E quando a base está em conjunto com acoplador que corresponde o que conhecemos como reflexo, diminui a interferência do fundo de pigmento, mas mesmo assim na maioria das empresas de coloração é visível a influência na cor para mais frio ou quente. Como também ocorre no fundo de clareamento 9.

Nos últimos tempos, algumas empresas tem aumentado a quantidade do reflexo azul de suas colorações para diminuir a influência do fundo de pigmento, mas criou outro problema, onde tem acontecido cabelos chumbados, onde se faz necessário apenas um processo de matização sem a durabilidade da cor por não ter o tempo de pausa adequado para uma tonalizaçāo eficiente. Cabe a você como profissional entendido do assunto decidir se compensa apostar na proposta oferecida.

Eu tenho minha visão profissional de Colorimetrista, que  não foi por pouca coisa que as empresas criaram fundo de pigmento.

Quem apostou em maior qualidade de azul, teve problema de desequilíbrio de cor, que é o que estamos vendo em colorações recentes, criando cabelo chumbado. estão tendo que oferecer serviço de matização para não chumbar.

Esse artigo foi escrito minuciosamente para seu entendimento e contribuir com melhores resultados em seu trabalho.

Foi um prazer dividir o que sei com você.

Até nosso próximo encontro no Educadores da Beleza.
 

Educadores da Beleza - Comunidade de Colorimetria Avançada
Elizete Jardim. Colorimetristaconsultora
Elizete Jardim. Colorimetristaconsultora Seguir

Elizete jardim , cabeleireira Consultora on-line,pecializada em colorimetria , Colorimetria Avançada By Alejandro Valente. E especializada em cortes avançados Academia do c Corte. Claudiney Ravaglia e Alejandro Valente. elizetesouzajardim@gmail.com

Ler conteúdo completo
Indicados para você