[ editar artigo]

O que é coloração, tonalização, neutralização e matização?

O que é coloração, tonalização, neutralização e matização?

A coloração é uma composição cosmética para se mudar a cor do cabelo de uma forma permanente.

O agente alcalino hidróxido de amônio (derivado da amônia ) é o ativo principal, afim de promover a dilatação da cutícula para que o corante oxidativo passe pelas cavidades cuticulares, mas o que faz toda essa engrenagem funcionar é o hidróxido de amônio, responsável por ativar as funções do hidróxido de amônio e conduzir o corante oxidativo até o córtex limpar a melanina natural e anabolizar o corante para que se transforme em pigmento dentro do córtex e assim revelar a cor artificial. O percentual de hidróxido de amônio permitido pela Anvisa é de 06 a 09. É através desse percentual que se determina a proporção de oxidante para fixação da massa de coloração, empresa com a proporção de hidróxido de amônio prescreve a proporção de 1 por 1 1/5 ex.30 g. De coloração para 1 medida e meia de ox ou seja 45 ml de ox. Empresa que possui um valor para mais reduzido de hidróxido de amônio também terá uma fração menor de oxidante, pois necessitam de menos inchaço na cutícula pelo fato de seus pigmentos serem mais nobres, capazes de se transportarem por lacunas mais estreitas, nesse caso a medida e de 1 por 1 ex. 30 g de coloração e 30 ml de ox.   

Importante: Utilize sempre uma balança de medidas precisas, pois é um dos caminhos para o resultado desejado.     

TONALIZAÇÃO OU TONALIZANTE                       

Diferente de coloração permanente o tonalizante é uma composição cosmética específica para depósito de pigmento, ideal em técnica de escurecimento de cabelos cosméticos com o fundo de clareamento exposto, neutralização e direcionamento de reflexo em cabelos descoloridos, ou seja, não foi feito para cobertura de brancos ou clareamentos. Seu agente alcalino poderá ser a Etalonamina, Dietalonamina ou Trietalonamina, ativos derivados do amônio que se mantém em diluição com o óxido de Etano dependendo do número de partes, o tonalizante deve sempre ser usado com ox de 10 volumes ou inferior, pois não requer uma explosão de oxigênio mais assentada, uma vez que o cabelo já foi submetido por agentes alcalinos mais agressivos, nesse caso somente uma dilatação suave bem como a condição do corante oxidativo do córtex será suficiente para que se transforme em pigmento com maior fixação.

Importante: Considerar que um tonalizante em um cabelo deve se respeitar a altura do tom do fundo de clareamento e da cor aplicada, ambas estando na mesma altura de tom teremos uma perfeita revelação e fixação da cor.

NEUTRALIZAÇÃO

O termo se refere ao neutralizar uma cor indesejada através das cores primárias reunidas com o resultado marrom que quer dizer uma cor natural. As variações dos marrons dependerão da altura de tom de cada cabelo.

A neutralização de uma cor indesejada só será possível por meio de misturas próprias com o uso da matemática das cores e com o fundo de clareamento exposto         

MATIZAÇÃO

Existem várias maneiras de se fazer um processo de matização em cabelos previamente descoloridos, muitos profissionais fazem uso de receitas para tentar alcançar o desejo da cliente, porém alguns impactos negativos podem acontecer, como exemplo, usar uma cor mais escura em um fundo de clareamento mais claro, nesse caso haverá sobrecarga de pigmentos impedindo que se respeite tempo de pausa, tendo em vista que esse processo tem que ser no olhômetro para não chumbar o cabelo.

Aplicar super clareador, nesse caso é cor de menos para um fundo de clareamento, do contrário do primeiro exemplo mencionado. Esse processo fragiliza ainda mais a fibra que já sofreu com a descoloração, pois os super clareadores tem um percentual de hidróxido de amônio mais elevado que uma coloração comum e possui pouco pigmento para brigar com um fundo mais escuro. ALÉM DE CLAREAR O CABELO NATURAL, deixando um aspecto manchado por causa do fundo de clareamento que ficará em evidência.

Fazer uso de shampoos, máscaras coloridas (matizadora) também corre o risco de chumbar o cabelo, porém o mais grave é o efeito colateral que esse tipo de produto pode causar, pois trata de um macro pigmento, sendo assim ficam agrupados na haste capilar, causando entupimento das camadas cuticulares, promovendo a ação de radicais livres que acabam por oxidar o fio em consequência a porosidade e ressecamento. 

ATENÇÃO: Nenhum desses exemplos garantem fixação, brilho natural, saúde e a cor de desejo.

Espero ter contribuído com esse conteúdo. Qualquer dúvida deixar nos comentários 😉

Educadores da Beleza - Comunidade de Colorimetria Avançada
ROSIMEIRE Maria Pereira
ROSIMEIRE Maria Pereira Seguir

Cabeleireira a 20 anos e estou sempre estudando e procurando crescer na profissão esse curso de colorimetria avançada foi um salto muito alto que dei na minha profissão e estou muito feliz com tanto conhesimento que tenho adquirido aqui

Ler conteúdo completo
Indicados para você