[ editar artigo]

Os desafios ao fazer cobertura de brancos

Os desafios ao fazer cobertura de brancos

Já aconteceu com você de fazer aquela mistura para cobertura de brancos, aplicar no cabelo da cliente e ao enxaguar você percebeu que deu transparência?

Comigo já aconteceu!

De fato, cobrir cabelos brancos é um desafio, vou te explicar porquê.

Alguns fatores precisam ser levados em conta para que isso não aconteça.

1- Sempre que for fazer uma coloração lave os cabelos, pois nesse fio sujo existe oleosidade, resíduos de finalizadores e poluição que atrapalham a fixação dos pigmentos da coloração,  visto que a base do oxidante é água, e água e óleo não se misturam. Então sempre lave o cabelo antes da coloração.

2- Fazer cobertura de brancos só usando oxidante de 20 volumes, a função do oxidante é: revelar, conduzir, clarear. Ele é o veículo para que os pigmentos da coloração chegue até o córtex. Lembrando que o cabelo branco tem camadas de cutículas a mais, por isso precisa-se de mas força. Sendo assim podemos fazer coberturas de brancos com oxidantes de 30 e 40 volumes também.

3- Ao fazer coberturas de brancos, sempre leve em conta o cabelo natural. Ex: cabelo natural castanho claro com 50% de cabelos brancos e o desejo da cliente é o loiro claro. Então se você só pensar nos brancos, a base até irá cobrir esses brancos, porém é preciso escolher que oxidante irá levar o castanho natural para o loiro claro, lembrando que o oxidante de 10 volumes clareia um tom, de 20 volumes clareia dois tons e de 30 volumes clareia três tons.

Leve sempre em conta esse detalhe, isso irá fazer toda a diferença na entrega do seus resultados.

Fez sentido para você?

Veja vídeo:

 

Até o próximo conteúdo!
 
 

Educadores da Beleza - Comunidade de Colorimetria Avançada
Ler conteúdo completo
Indicados para você