[ editar artigo]

Não alcançou o fundo de clareamento, tonalizar com cor fria chega lá?

Não alcançou o fundo de clareamento, tonalizar com cor fria chega lá?

Imagine a cena: Cliente feliz, na expectativa de sair do salão com tom do cabelo platinado glamouroso.

É claro que quando é prometido à cliente o resultado desejado, acredite, ficamos mais ansiosos que a cliente de fazer a grande entrega, um platinado lindo do jeito que ela sonhou.

Por conta de tantas expectativas e desejo podemos ser facilmente enganados por um hábito cometido por muitos, acreditar que quando não alcançou o fundo de clareamento correto, dá para terminar de clarear com a tonalizaçāo aplicando a cor para o fundo de clareamento seguinte.

Retoque de raiz é um desafio.

Da primeira vez você sabe pelo teste de mechas qual o fundo de clareamento alcançado, já decidiu com a cliente qual será o processo para entregar a cor de desejo.

No retoque vai ter que se empenhar um pouco mais, pois só tem uma escolha: criar a cor da raiz semelhante o restante do cabelo que já tem mechas anteriores.

Tem colegas que acham mais difícil retocar do que fazer o trabalho de mechas no cabelo pela primeira vez.

Evite as armadilhas.

Tenha cuidado, quando se trabalha com pó descolorante azul aumenta o engano por dificultar, ver o fundo de clareamento certo para cor desejada, quando na verdade, o fundo de clareamento não foi alcançado. Se tá na dúvida, pegue uma mecha, limpe com um pano para ter certeza qual fundo de clareamento está antes de retirar o papel.

Ao enxaguar as mechas, perceber que o fundo de clareamento não está fiel, ainda falta um pouco, não caia na armadilha de acreditar que aplicando a cor do fundo de clareamento seguinte você chega lá. Olha na foto acima no post, é uma prova clara que não chega... fundo de clareamento alcançado ainda estava no 8 e foi aplicado 9.1+azul, a mistura na cumbuca era sim uma cor bem fria, mas quer dizer que é um curinga para tudo? Vai resolver tudo? O resultado foi bem claro, cor da raiz mais quente em toda circunferência da cabeça, que o comprimento e pontas.

Você pode estar pensando: se finalizar com excesso de cor com máscara azul ou violeta cinza, a cor chega. Pode até ficar bom na hora, mas depois de uma duas lavadas, a cliente está de novo com a cor da raiz diferente do restante do cabelo.

Quer acertar na cor de desejo anote exatamente o fundo de clareamento alcançado da primeira vez e quando for retocar as mechas, se atente para alcançar o mesmo fundo de clareamento. Se perceber que não chegou com exatidão, prepare o cabelo para outra descoloração.

Não aplique a cor no fundo de clareamento seguinte por que não chega lá.

Algo semelhante já aconteceu com você? O que você fez para resolver? Conte sua experiência pode ser de ajuda a todos nós.

Educadores da Beleza - Colorimetria
Elizete Souza Costa Jardim
Elizete Souza Costa Jardim Seguir

Elizete jardim ,especializada em colorimetria , Colorimetria Avançada By Alejandro Valente. E especializada em cortes avançados Academia do c Corte. Claudiney Ravaglia e Alejandro Valente. elizetesouzajardim@gmail.com

Ler matéria completa
Indicados para você