Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
BACK

Marrom na Colorimetria

Marrom na Colorimetria
Fatima Aparecida Ribeiro Ramos
Mar. 21 - 1 min read
0130

Quando você quer marrom visível, você faz a mistura marrom na cumbuca que vai revelar o marrom no cabelo. Você criou o marrom. Vermelho mais azul, mais amarelo ou amarelo mais violeta, ou verde mais vermelho, em partes iguais.

O mesmo acontece com o marrom .7 (reflexo) em partes iguais, vem pronto de fábrica. Ele contém as três cores primárias em partes iguais e ao aplicar no cabelo em qualquer altura, não se mistura e se revela como reflexo.

Já o marrom que existe no cabelo, não é visível, porque não está em partes iguais, mas sabemos que as cores primárias existem e estão presentes (vermelho, azul e amarelo).

Ao aplicar o marrom com o fundo de clareamento exposto ou no cabelo natural (fazendo a soma do ox), você vai aplicar a cor que está faltando do fundo de clareamento. Onde está vermelho, vai aplicar o verde, laranja, o azul, o amarelo e o violeta, daí você cria o natural, o marrom na neutralização (juntando as três cores primárias).

 Já no escurecimento estamos reconstituindo o marrom de forma artificial, pois estamos devolvendo as cores primárias, na proporção adequada em cada altura de tom. 

Ex. F.C. 8 escurecer para o 7 aplicar 7.0 + 7.1 + 7.3 = 7.0.

Concluindo existe o marrom natural que chamamos de cendre e o marrom artificial.




Report publication
    0130

    Recomended for you