[ editar artigo]

Loira ou Lisa?

Loira ou Lisa?

Existem muitos profissionais que divulgam que pode ser loira e lisa ao mesmo tempo, o que é um erro, propagar essa ideia.

A progressiva impede a reação natural com o oxigênio. Com o pigmento oxidante, amônia, o cabelo não reage mais da forma como deveria se estivesse em seu estado natural.

Ao clarear e colorir, não se consegue ter fácil acesso ao córtex. Tratamentos como hidratação, reconstrução e outros que possuem nutrientes que são necessários para a recuperação do cabelo, são impedidos de serem absorvidos.

A descoloração mexe na estrutura interna do cabelo para fazer o processo de despigmentação retirando tudo que o fio precisa para se manter saudável (massa,queratina,aminoácido,proteína).

Como o cabelo está plastificado, existe uma resistência na fibra do cabelo. Então, vai forçar mais a estrutura para abrir as cutículas.

Com a continuação,  esse cabelo vai ficar fragilizado internamente. E como está impermeabilizado pela parte de fora, não se consegue nutrir o que esse cabelo necessita, e com o uso contínuo dos procedimentos de progressiva e descoloração, esse cabelo parte.

Além do corte químico, outras reações negativas ocorrem: o cabelo fica elástico, com queda, não-fixação e uniformidade da cor.

O cabelo tem que ter condições para passar por um processo químico, se o desejo do cliente é ter um cabelo loiro platinado ou frio, tratado e lindo, não pode-se associar essa transformação com progressiva (selagem, botox, inteligente, redutora, orgânica,etc. ), pois o resultado será um cabelo danificado.

 

Auridea Marques Bastos

Educadores da Beleza - Colorimetria
Ler matéria completa
Indicados para você