[ editar artigo]

É preciso ter o dom para ser um cabeleireiro?

É preciso ter o dom para ser um cabeleireiro?

É preciso ter o dom para ser um cabeleireiro? Essa é uma das perguntas mais recorrentes da profissão.

Então primeiro vamos lá: O que é dom?

Dom é algo que já nasce com a gente. Uma facilidade para determinada coisa. 

Mas e se não tiver o dom e quero, tenho muita vontade de me tornar um profissional cabeleireiro, é possível?

Sim! Com teorias, técnicas e prática conseguimos alcançar nosso desejo. 

Teoria é o conjunto das informações.

Técnicas da profissão: técnicas de corte, de alisamento, de penteados, de colorimetria... e por aí vai.

Prática: é o treino. Treinar, treinar e treinar até aprender e colocar em prática.

A prática te levará à perfeição e os erros à excelência (Larisse Ribeiro).

E para finalizar, a diferença é que quem tem o dom chega mais rápido no resultado, quem tem só a técnica percorrerá um caminho maior, mas se esse for o seu desejo, de se tornar um profissional cabeleireiro, também vai chegar no resultado e se capacitar a ser um profissional.

Se ficou alguma dúvida pode deixar aqui nos comentários e se tiver algo a acrescentar será bem-vindo.

Espero que esse artigo tenha ajudado a decidir de uma vez por todas a se tornar um profissional da beleza. Espero que tenha gostado desse tema.

Estou no Instagram como @daguiasilvacolorista, espero sua visita.
 

Educadores da Beleza - Comunidade de Colorimetria Avançada
Daguia Silva
Daguia Silva Seguir

Colorimetrista por Alejandro Valente Instrutora de Cursos na área da beleza formada pelo Sindicato dos Cabeleireiros de Santos , São Paulo. Daguia Silva

Ler conteúdo completo
Indicados para você