[ editar artigo]

Doenças do couro cabeludo

Doenças do couro cabeludo

Nós, profissionais cabeleireiros temos nossas limitações, cuidamos e tratamos da haste capilar. Portanto, quando avaliarmos um cliente com algum tipo de doença no couro cabeludo devemos orientá-lo a procurar um médico especialista, neste caso o dermatologista, que além de cuidar da pele trata de doenças do couro cabeludo. 

Vamos entender um pouco sobre algumas dessas doenças.

Psoríase é uma doença crônica não contagiosa, uma doença auto imune e inflamatório, doença na qual as células da pele se acumulam, formam escamas e manchas secas causando coceira, dor e vermelhidão. A psoríase acontece também nas unhas e nas articulações, deixando a pele rígida.

A doença deve ser acompanhada por um médico que irá tratar e medicar podendo assim aliviar os sintomas.

Dermatite seborreica é uma inflamação na pele caracterizada por erupções cutâneas, ocorrendo com maior predominância nas áreas onde há maior produtividade das glândulas sebacias. A doença causa coceira, vermelhidão e inflamação no couro cabeludo, podendo ocorrer também nas sobrancelhas,  lateral do nariz e em torno das orelhas, a dermatite seborreica é considerada uma forma mais grave que a caspa requerendo assim cuidados médicos.

Foliculite é uma inflamação dos folículos pilosos, o problema pode ocorrer em qualquer lugar da pele que haja folículos. A doença se apresenta como bolinhas vermelhas parecidas com espinhas, podendo conter ou não pus, a doença causa coceira e sensibilidade na área afetada.

Pediculose (piolho) é uma doença parasitária que atinge principalmente crianças e é transmitida pelo contato direto ou pelo uso de bonés, escovas ou pentes.

A pediculose causa irritação e coceira intensa, podendo assim provocar lesões no couro cabeludo, facilitando o acesso de germes e bactérias. Outra característica da doença é a presença de lêndeas que são os ovos do parasitas depositados pela fêmea no fio do cabelo.

Pitiríase é uma micose de origem fúngica chamada também de tinea capilar, esse tipo de infecção causa coceira e descamação, além de queda temporária do cabelo, em alguns casos os fungos causadores compõem a microbiota do couro cabeludo e são ativados devido a mudança no pH da região, a sudorese em excesso e até mesmo o estresse, entre outras razões.

 

 

Educadores da Beleza - Comunidade de Colorimetria Avançada
Ler conteúdo completo
Indicados para você