[ editar artigo]

Direcionamento de Reflexo!

Direcionamento de Reflexo!

A cor que a cliente deseja não é a cor que eu aplico. Por que isso acontece?

Porque a cor que eu aplico soma com a cor que já existe, somando dá uma terceira cor... esta vai esquentar ou esfriar.

É preciso levar em conta o fundo de clareamento ao direcionar um reflexo. É muito importante!

O que não devo levar em conta? 

1- Não vou permitir que a cor que eu aplico escureça;

2- Não deixo uma cor diluída em uma cor aplicada;

3- Não deixo uma cor mais escura do que a cor que estou aplicando;

4- Altura de cor que tenho que aplicar;

5- Identificar a cor, qual altura e muitas vezes qual a cor aplicada.

A cliente chega no salão e não tem noção da cor que tenho que aplicar para revelar a cor que ela quer, que ela deseja. 

Um exemplo ao direcionar o reflexo:

Estou em uma altura de 9 e quero mechas na altura de marrom.

Aplicar  6.0+6.1+6.3+6.4+6.7. Neste caso eu direcionei o reflexo para o marrom 6.7.

Se eu tivesse somente devolvido as cores primárias para o fio 6.0+6.1+6.3+6.4 revelaria um 6.0 um natural.

Outro exemplo:

Estou fazendo mechas, alcancei o fundo de clareamento 9 amarelo e a cliente deseja um platinado. Eu aplico 9.89+ azul para direcionar para um tom platinado.

Outro exemplo:

Cabelo natural 5 cosmética 5.5 e o desejo 5.3. Primeiro faço a limpeza de cor com shampoo descolorante, que irá revelar o vermelho que é o fundo de clareamento do 5 vermelho. Aplicar o 5.1+5.3+ que é igual ao 5.3 (empresa verde), 5.2+ mate +5.3 e igual a 5.3 em partes iguais. O 5.1 é cinza que, e o verde neutraliza o vermelho. O 5.3 direciona o reflexo dourado para o dourado em partes iguais 5.0+5.3 que é igual a 5.3.

 

Eliana Zabin Rofrigues

 

 

 

Educadores da Beleza - Colorimetria
Ler matéria completa
Indicados para você