[ editar artigo]

Como está presente ácidos e conservantes em produtos cosméticos capilares?

Como está presente ácidos e conservantes em produtos cosméticos capilares?

Conservantes são necessários nos produtos cosméticos.

Vivemos no sistema em que existem os meios de renovação da vida e limpeza do ambiente por meios dos micro-organismos, as bactérias e fungos responsáveis pela deterioração, decomposição e levedura, por isso as coisas orgânicas tem prazo de validade curto quando são desligadas da fonte que os mantém existentes.

Para conseguir aumentar o prazo de validade é necessário ter o produto isolado desses micro-organismos, isso é feito por meios dos conservantes.

Para a criação química desses conservantes está envolvido o estudo da bioquímica.

Bioquímica estuda a estrutura molecular e a função metabólica de proteínas, enzimas, carboidratos, lipídios, ácidos nucleicos e outros.

As áreas da bioquímica se estendem para o campo dos alimentos, remédios, cosméticos etc.

  • Esse estudo é usado na área da Cosmética: para elaboração de novos produtos de beleza e higiene;

  • Conservante mais utilizado é o Benzóico. O ácido benzóico, parabeno.

  • Os conservantes em cosméticos mantêm os produtos livres de deteriorações causadas por bactérias, fungos e leveduras, mas há diversas controvérsias sobre o risco a saúde, por isso a indústria cosmética tem investido em outras fórmulas de conservantes, alguns conservantes são considerados mais seguros como o fenoxietanol, conservantes a base de caprilil glicol ou Phenoxyethanol é utilizado como conservante em cosméticos e também como estabilizante.

Ácidos 

O mais utilizado nas progressivas, botox, fluído termoativado para escovar cabelos é o acido glioxilico, atualmente há o derivado glixyloil em associação com aminoácidos keratin e cisteine.

Outros mais utilisados são: 

  • Dimethylhylamine
  • DMDM HYDANTONIN
  • Methylpropional
  • Glioxyloil 

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) está em processo para atualizar a regulamentação que determina o pH mínimo e as fórmulas permitidas.

Hoje, a Anvisa proíbe a comercialização de químicos com pH 1, mas há pressão por parte da indústria para sua liberação.

Efeito de ácidos no cabelo

Escova progressiva ácida retira a umidade e flexibilidade do cabelo, os efeitos são disfarçados por um filme que cobre a superfície do fio, como um plástico. Esse filme surge quando o cabelo é aquecido com uma prancha, a popular chapinha, e é responsável pelo brilho tradicional da escova progressiva.

Um dos ácidos mais usados é o ácido glioxílico.

O que é o acido glioxílico?

Em síntese orgânico, com dióxido de chumbo, ácido oxálico em um eletrólito de ácido sulfúrico.

Essas substâncias são em reação exotérmica, que é uma reação química em que a energia é transferida de um meio interior para o meio exterior. quando isso acontece há a quebra de uma ligação química que libera determinada quantidade de energia; e quando se forma uma ligação, há absorção de energia. 

Atualmente, os ingredientes e ativos alisantes permitidos pela Anvisa estão descritos na "Lista de ativos permitidos em produtos cosméticos para alisar ou ondular os cabelos" da Instrução Normativa DC/ANVISA Nº 64 DE 27/07/2020, são eles:

Ácido tioglicólico e seus sais, Ésteres do ácido tioglicólico, Hidróxido de sódio ou potássio, Hidróxido de Lítio, Hidróxido de Guanidina (formado pela combinação de hidróxido de cálcio e um sal de Guanidina) e Sulfitos e bissulfitos inorgânicos. Os ativos só podem ser utilizados nas concentrações e pH estabelecidos na IN.

Os ativos "Cysteamine HCL", "Cysteine HCL", "Glyoxyloyl Hydrolyzed Wheat Protein/Sericin", "Pyrogallol", a combinação de ativos "Glyoxyloyl Carbocysteine + Glyoxyloyl Keratin Aminoacids" e outros ativos presentes em produtos cosméticos destinados a alisar ou ondular os cabelos com registro vigente, mas ainda não previstos na "Lista de ativos permitidos em produtos cosméticos para alisar ou ondular. 

Lista de ativos permitidos em produtos cosméticos para alisar ou ondular os cabelos", além do "Glyoxylic Acid", cuja avaliação de segurança está em andamento, serão reavaliados pela Anvisa com base nos critérios estabelecidos na Resolução.

Alisantes podem ser utilizados em crianças?

Não existem alisantes capilares destinados ao público infantil. Os produtos para alisamento capilar são indicados, exclusivamente, para adultos. O uso de alisantes em crianças é proibido.  

Entre as descrições de aviso que tem que estar no rótulo está:

OBS: Produtos contendo derivados de ácido glioxílico (como, por exemplo, Glyoxyloyl Keratin Amino Acids e Glyoxyloyl Carbocysteine) em sua composição deveriam apresentar também a frase: "Aplicações repetidas podem causar queda ou alterar a coloração dos cabelos".

Se você quiser saber mais sobre normas para produtos alisamento e o que deve conter no rótulo pode acessar o site da Anvisa. 

https://www.gov.br/anvisa/pt-br/acessoainformacao/perguntasfrequentes/cosmeticos/alisantes

Até nosso próximo encontro.

https://www.instagram.com/invites/contact/?i=1fzzkvc8dz765&utm_content=2kg6an8

Educadores da Beleza - Comunidade de Colorimetria Avançada
Elizete Jardim. Colorimetristaconsultora
Elizete Jardim. Colorimetristaconsultora Seguir

Elizete jardim , cabeleireira Consultora on-line,pecializada em colorimetria , Colorimetria Avançada By Alejandro Valente. E especializada em cortes avançados Academia do c Corte. Claudiney Ravaglia e Alejandro Valente. elizetesouzajardim@gmail.com

Ler conteúdo completo
Indicados para você