[ editar artigo]

Colorimetrista de Excelência

Colorimetrista de Excelência

 

Antes de mais nada, é importante saber que a colorimetria capilar é uma ciência, e que como toda ciência precisa ser estudada, pesquisada em seus mínimos detalhes para se adquirir o domínio técnico em exercer essa atividade.

Minha explanação sobre esse assunto não será de forma muito detalhada, razão pela qual este artigo se tornará descomunal. Porém, será suficiente para entender que se tornar um colorimetrista de excelência não é uma tarefa tão fácil, visto que, só os amantes dessa área levarão seus estudos até o final. Entretanto, digo que este assunto é infinito, haja visto que estamos em um mundo contemporâneo repleto de bases construtivas no surgimento de novas tecnologias, portanto vou direto ao ponto.

Ser um colorimetrista não se resume em aplicar cor e fazer misturas, trata-se de algo muito mais abrangente do que se imagina. O profissional desse ramo tem que estar disposto a estudar diversas áreas. As principais são:

O estudo das cores, seus tons, subtons e neutralidade; harmonia das cores no indivíduo; a matéria prima que é responsável pela altura de tom das bases e seus reflexos das cores cosméticas, em especial seu fundo de pigmento (precursores e acopladores) e seu princípio ativo, bem como suas funções, tratando-se do desenvolvimento das colorações no seu âmbito fabril; na contabilidade para alcançar o resultado pretendido; nas implicações da fórmula inserida na fibra capilar, como também nas transformações sofridas em seus pigmentos naturais e em sua estrutura. Neste, caso precisamos entender como ela é composta; o determinante responsável pela pigmentação e despigmentação natural; os elementos químicos que formam a estrutura capilar; fundo de clareamento, altura de tom, neutralização, direcionamento de reflexo, tratamentos de regeneração capilar, oxidantes, descolorantes e suas finalidades; cobertura de brancos, clarear com coloração, técnicas de escurecimento, produção de cor e seus métodos, e tão quão importante a postura profissional.

Saliento que cada estudo dos itens citados acima requer boa vontade, disponibilidade e muita vontade de se destacar na sua profissão. Futuramente voltarei explorando cada um deles.

 

De nada adianta ter todo o conhecimento do mundo se o profissional não se preocupar com sua postura. Afirmo que uma boa postura chama a atenção de clientes em potencial e abre portas para futuras propostas de trabalho. Costumo dizer que o perito dessa área não caminha pelo espaço onde executa seus atendimentos e sim desfila, pois somos artistas e como todo artista devemos brilhar e esse brilho deve refletir no seu cliente através do resultado do seu trabalho.

O profissional dessa área deve saber se posicionar de forma que a cliente entenda que você é o maestro dessa sinfonia, onde tem domínio de cada nota. Deve ser ético e colocar sempre em primeiro lugar a saúde dos cabelos, bem como a saúde do cliente e de si mesmo. Deve saber falar de forma técnica e clara para que seu cliente não tenha dúvidas de sua capacidade, deste modo sua credibilidade estará sempre em alta. Dispor de trajes adequados, bem como saber se movimentar, saber ouvir os desejos de seu cliente com paciência e ter carisma, assim trará uma atmosfera aconchegante ao ambiente de trabalho e seu cliente se sentirá seguro em estar sob seus cuidados. No entanto, alerto que simpatia, seriedade ou intimidade em excesso pode surtir efeito rebote, tudo deve ser dosado, uma vez que cada cliente é um indivíduo diferente, porém o tratamento deve ser igual para todos dentro do ambiente de trabalho.

A postura profissional em mídias sociais é de extrema importância, e as dicas acima também cabem para esses veículos de auto projeção, pois essas ferramentas nos fazem ser vistos e seguidos, haja visto que, daqui para frente o digital/virtual fará parte de nossas vidas cada vez mais, por isso, devemos dispor dessas ferramentas com responsabilidade.

O profissional da beleza deve sempre agregar valores ao seu conteúdo técnico, investir em cursos que tragam benefícios à sua profissão, um deles é a harmonia das cores no indivíduo.

Não basta entender de Colorimetria capilar se o profissional não souber identificar a temperatura e a personalidade do cliente. Cursos de visagismo, coloração pessoal e temperamento sanguíneo individual serão um diferencial na carreira do especialista e o mesmo terá propriedade na hora de conciliar a coloração dos cabelos com a cor da pele e a personalidade do seu cliente.

Outro aditivo para a carreira do especialista é entender de tricologia e histologia, já que lidamos com cabelos e parte do maior órgão do corpo humano, a pele, nesse caso o couro cabeludo.

O profissional que se interessa por esse assunto, se torna completo, pois é de suma importância saber como o cabelo é composto, suas funções para o ser humano, as fases dos cabelos que vai desde ciclo de vida até a despigmentação natural dos fios, o porquê da sua forma e como tratá-lo ou doutriná-los, identificar algumas doenças, tais como a alopecia e suas diferenças, dermatites e suas variações e doenças auto imunes, como por exemplo a psoríase, o tornando capaz de discernir quando é possível realizar um procedimento químico ou não. Outro fator importante é entender dos malefícios de cada produto químico e como eles reagem na estrutura capilar e no couro cabeludo, como: colorações, descolorações, alisamentos e seus ativos e saber qual destiná-los para cada tipo de cabelo. Dessa forma, terá condições de lançar um bom diagnóstico para cada situação e promover o tratamento adequado para recompor a fibra, tendo em vista que é ela que dá a moldura do rosto é um símbolo de embelezamento facial, principalmente para as mulheres.

Quem leu esse artigo até o final, deve estar se perguntando: será que eu consigo? Eu lhe a asseguro que sim, tendo em vista que você terminou essa leitura. Ser um colorimetrista é tão apaixonante que quanto mais você estuda e se especializa mais você quer aprender.   

Até a próxima!

Colorimetrista,

Carla Lopes

 

Educadores da Beleza - Colorimetria
CARLA RENATA LOPES
CARLA RENATA LOPES Seguir

Cabeleireira, educadora, colorimetrista, maquiadora profissional e técnica em penteados.

Ler matéria completa
Indicados para você