[ editar artigo]

Coloração

Coloração

Uma coloração contém hidróxido de amônio. O que é o hidróxido  de amônio? É um agente alcalino e esse agente alcalino faz com que dilatar a cutícula. 

Na coloração temos um corante oxidativo e esse corante oxidativo entra por entre a cutícula anabolizante em contato com oxidante que contém oxigênio onde ele cresce e revela  a cor segura.

O pigmento fica mais difícil de sair porque você sela a cutícula e o cabelo muda de forma permanente a cor.  

A coloração tem essa capacidade de mudar o cabelo de forma permanente. O que acontece na coloração é que nós temos hidróxido de amônio.

Obs: Não é amônia e sim amônio, pois amônia é o cheiro e o gás que evapora e vai para camada de ozônio, mas o que tem dentro do tubo é hidróxido de amônio... esse hidróxido de amônio é um agente alcalino. Tudo que é alcalino promove dilatação de cutícula e tudo que e ácido promove, selamento de cutícula. 

O amônio tem o pH 10, a coloração está entre o pH 8 e 9. Ela promove dilatação  de cutículas, mas o que vai fazer com que o hidróxido de amônio ganhe mais força e dilate mais cutícula é o oxidante... mas além do oxidante, da força de 10, 20, 30 e 40 volumes existem também a quantidade de amônio que existe no produto. Em média nós temos de 0,6 até 0,9 por % de hidróxido de amônio, isso em um tubo de uma coloração normal.

O hidróxido de amônio é o agente alcalino que dilata a cutícula, então se ele tiver uma escala muito grande de hidróxido de amônio, você terá um cabelo poroso no final do processo. Empresas e marcas que contenham uma porcentagem menor de hidróxido de amônio, causa menos problemas no cabelo, porque dilata menos a cutícula, então tem um corante oxidativo, que é nobre e que tem uma tecnologia  maior, não precisa uma dilatação maior de cutículas para conseguir penetrar por entre a cutícula para conseguir fazer o processo de coloração, então existem  marcas hoje que tem um percentual maior de hidróxido de amônio. Como você  analisa isso de uma fórmula rápida?

●Colorações que você tem que misturar na proporção de 1 por 1 e meio você  tem uma porcentagem maior de hidróxido de amônio, porque você precisa de um inchaço maior na cutícula para conseguir  penetrar com o corante e transformar em pigmento.

●Colorações que têm a proporção de 1 por 1, tem um percentual menor de hidróxido de amônio, então quer dizer que a dilatação da cutícula não é tão grande e chega ser as vezes até a metade da concentração de hidróxido de amônio... quer dizer que 50% a menos agride o cabelo, algumas ressecam e desidratam o cabelo, o dobro do que outras, então análise assim: Eu quero um cabelo mais saudável, o cabelo já está poroso, com as cutículas eriçadas, sensível ao usar uma coloração. Em um cabelo natural eu quero usar uma coloração, quero um depósito de pigmento, quero usar com 20, 30 ou 40 volumes, por ser um cabelo natural, pense em vários momentos que você vai usar uma coloração, vai clarear com coloração, vai usar uma volumagem maior de oxidante. Você precisa analisar que você vai ter um cabelo mais saudável no final do processo.

Se essa coloração estiver na proporção de 1 por 1, agora se estiver na proporção de 1 por 1 e meio você vai ter um cabelo mais poroso no final do processo, isso não quer dizer que ele ficará com as cutículas todas dilatadas, mas ele dilatou mais a cutícula do que o outro produto que contém um percentual menor. Então paravam selamento melhor da cutícula, a proporção 1 por 1 é melhor. Mas sabemos que no Brasil  a maioria das marcas usam 1 o 1 e meio.

Educadores da Beleza - Comunidade de Colorimetria Avançada
Jucilene Batista
Jucilene Batista Seguir

Sou cabeleira a 13 anos fiz curso a 5 anos atrás tive uma aneurisma hemorragico e pneumonia onde perdi meu lado direito e tb perdi minha coordenação motora todo lado direito mas enfim estou lutando consegui montar meu salão ,sonho sendo realizado

Ler conteúdo completo
Indicados para você