[ editar artigo]

Atividades mecânicas - Riscos para os cabeleireiros

Atividades mecânicas - Riscos para os cabeleireiros

Um número considerável de cabeleireiros, chegam à uma certa altura da vida com a saúde muito comprometida por problemas ocasionados por tarefas realizadas de forma repetitiva.

Sei que não é novidade pra ninguém e sabemos onde vamos chegar se não tomarmos providências enquanto é tempo. Aqui faço apenas um lembrete ao tratarmos deste assunto.

O que é LER?

O termo é a abreviatura de (Lesões por Esforço Repetitivo) e consiste em um, diagnóstico como doença, onde movimentos repetitivos, em frequência constante e em posição ergonômica incorreta, podem causar lesões de estruturas do sistema tendíneo, muscular e ligamentar, não é propriamente uma doença. É uma síndrome constituída por um grupo de doenças - tendinite, tenossinovite, bursite, epicondilite, síndrome do túnel de carpo, dedo de gatilho, síndrome do desfiladeiro torácico, síndrome do pronador redondo, mialgias, que afeta músculos, nervos e tendões dos membros superiores principalmente, e sobrecarrega o sistema musculoesquelético.

Esse distúrbio provoca dor e inflamação, podendo alterar a capacidade funcional da região comprometida.

Esta incidência é mais frequente entre os profissionais da beleza, porque estes, têm uma extensa carga horária e muitas vezes não dando prioridade à algum tipo de atividade física, nem alongamentos antes e em alguns momentos do seu dia. Mesmo tendo consciência da sua realidade e necessidades.

Sem querer assustar, mas alertar:

Você já ouviu falar em DORT?

O termo Dort significa: Distúrbio Osteomuscular Relacionado ao Trabalho - e passa a ser mais abrangente, pois inclui movimentos repetidos de qualquer parte do corpo que podem provocar lesões em tendões, músculos e articulações, principalmente dos membros superiores, ombros e pescoço devido ao uso repetitivo ou a manutenção de posturas inadequadas resultando em dor, fadiga e declínio do desempenho profissional.

Sendo mais comum entre: digitadores, bancários, telefonistas, cabeleireiros, secretárias, manicures entre outras profissões.

É relevante desmistificar o prognóstico destas enfermidades.

Só contrário do que alguns declaram, todos esses distúrbios têm tratamento, somente os casos mais graves ou que não respondam ao tratamento clínico, podem ser beneficiados por procedimentos cirúrgicos e reabilitação específica.

"O melhor remédio é a prevenção".

Fica a dica, caríssimos colegas. Desejo a todos longa e brilhante carreira com saúde e prosperidade.

Comente, sugira, dê ideias, vamos crescer juntos.

 

 

Educadores da Beleza - Comunidade de Colorimetria Avançada
Beatriz Marques
Beatriz Marques Seguir

Cabeleireira , Colorimetrista byAlejandroValente, Academia HSB, Academia Fernando Alves, Pedagogia, Enfermagem.

Ler conteúdo completo
Indicados para você