[ editar artigo]

Anomalias da haste capilar

Anomalias da haste capilar

Nem toda queda de cabelo vem da raiz!

Você sabia que o fio de cabelo também apresenta doenças e anomalias que podem fazer o cabelo quebrar, e deixam os fios fracos e quebradiços, sem brilho e maciez? Essas doenças podem ser causadas por fatores externos como químicas capilares e ferramentas como prancha, secador e babyliss e alguns tipos de penteados também.

Veja abaixo algumas dessas doenças:

● TRICHORRHEXIS NODOSA

É caracterizada por diversos pontos brancos ao longo do fio de cabelo, que ocorre devido o rompimento da estrutura do córtex ou seja da das fibras internas do fio e geralmente também acompanha o rompimento das cutículas a parte externa da haste capilar.

Quando congênita a trichorrhexis nodosa é resultado de uma fragilidade anormal do cabelo, causando lesões mesmo quando o fio não é exposto a nenhum dano externo. A condição também pode ser adquirida e nesse caso está relacionada à exposição dos fios a situações indevidas e traumas repetidos como;

• Traumas Físicos: resultado do uso frequente de ferramentas de alta temperatura como, secador, chapinha, escova rotatória, babyliss e até mesmo de penteados apertados ou até mesmo a forma de desembaraçar os cabelos.

• Danos Químicos: causados por procedimentos como luzes, colorações,  alisamentos ou mesmo o shampoo inadequado, quadros graves podem causar corte químico.

• Fatores Ambientais: como exposição excessiva ao sol, água salgada entre outros.

A partir daí  o cabelo torna-se mais propenso a ter uma quebra progressiva que se inicia nesses pontos lesionados, dessa forma o cabelo que apresenta essa condição tende a ser mais ressecado, danificado e claro quebradiço.

Apesar de os fios continuarem crescendo a quebra constante das pontas faz com que ele seja menos perceptível à pessoa.

● COMO PREVENIR A TRICHORRHEXIS NODOSA.

• Reduzir o uso de secador, chapinha e babylizz, quando utilizar, usar em uma temperatura adequada e não esquecer de usar um bom protetor térmico.

• Aumentar os intervalos entre uma química e outra, não aplicar dois ou mais tipos e químicas em um curto espaço de tempo.

• Aderir a um cronograma capilar mantido de acordo com as necessidades do cabelo.

• Tomar água regularmente e manter uma alimentação saudável para garantir a ingestão adequada de nutrientes necessários para a saúde dos fios.

TRICOPTILOSE

● A tricoptilose popularmente conhecida como ponta dupla, é uma situação muito comum, onde as pontas do cabelo podem partir, se dividindo em duas, três ou até mesmo quatro pontas. Essa condição é mais comum em mulheres que fazem uso frequente de secador e chapinha, e não hidratam e nem usam proteção térmica no cabelo, oque deixa os fios ressecados e favorece a tricoptilose.

• PRINCIPAIS CAUSAS.  

A tricoptilose acontece devido algumas situações que podem deixar os fios mais frágeis e ressecados, como por exemplo:

• Uso inadequado ou excessivo de produtos químicos, como tinturas e produtos para alisar os cabelos;

• Falta de corte nos cabelos, pois o ideal é cortar à cada 3 meses;

• Falta de tratamento capilar;

• Uso de excessivo de secador, chapinha ou babylizz de forma descuidada.

Para evitar as pontas duplas é recomendado cortar regularmente as pontas, fazer tratamentos pelo menos 1 vez por semana, também é importante dar um bom intervalo de tempo entre uma química e outra. Além disso é recomendado evitar o uso frequente de ferramentas de calor, e quando for usar aplicar um produto de proteção térmica nos fios.

● TRICONODOSE:

É a presença de nós nos cabelos que podem surgir devido ao uso inadequado de produtos químicos e/ou fricção nos fios.

CAUSAS DA TRICONODOSE; 

• Fricção exagerada do cabelo; 

• Não hidratar o cabelo de forma correta;

• Usar produtos de má qualidade;

• Uso inadequado de ferramentas de calor, como exemplo: passar a prancha sem pentear os cabelos antes.

TRATAMENTO PARA TRICONODOSE:

Lavar os cabelos, aplicar uma máscara de hidratação e pentear os cabelos com um pente de cerdas largas com cuidado para desembaraçar os fios antes de enxaguá-lo.

COMO EVITAR:

Fazer uso de produtos de boa qualidade; pentear os cabelos regularmente.

TRICHORRHEXIS INVAGINATA:

É uma anomalia no eixo do cabelo que faz com que os fios pareçam semelhantes aos nós em um caule de bamboo. Os fios de cabelo normais e saudáveis parecem macios, o cabelo com trichorrhexis invaginata, contém nódulos (inchaços) ou cristas espaçadas uniformemente,  e também é conhecido como bamboo hair.

OS SINTOMAS DO BAMBOO HAIR PODEM INCLUIR:

• Cabelo que quebra facilmente;

• Cabelo seco;

• Cabelo sem brilho;

• Cabelo curto devido a quebra consistente.

CAUSA:

Um gene mutado herdado chamado SPINKS, causa bamboo hair, uma mutação nesse gene leva a um processo de crescimento anormal.

O cabelo de bamboo é caracterizado por uma fragilidade no córtex. Pontos fracos se formam em certos pontos do fio, segmentos mais duros do córtex, próximos pressionam essas áreas fracas, causando a formação dos nódulos, isso cria uma aparência irregular no fio de cabelo.

A quebra do cabelo pode ser minimizada. 

Manter o cabelo hidratado; beber água regularmente e evitar o uso de produtos para cabelo que contenham álcool, eles ressecam os cabelos oque pode piorar a quebra.

A alimentação também tem um papel fundamental no que diz respeito a saúde do cabelo, por isso é importante ter uma alimentação equilibrada e saudável para que o cabelo nasça forte, brilhoso e hidratado.

 

 

Educadores da Beleza - Comunidade de Colorimetria Avançada
Ler conteúdo completo
Indicados para você