[ editar artigo]

Alopecia ou Calvície

Alopecia ou Calvície

Quem nunca se perguntou o "porquê" será que caem os cabelos das pessoas, principalmente quem não é do nosso meio ou até mesmo colegas de profissão, muitas das vezes não entendem este problema natural que atinge muitas pessoas, principalmente os homens.

Hoje iremos refletir um pouco sobre este sério assunto e entender que nós, como cabeleireiros temos uma limitação e ter a percepção de saber até onde podemos ir e saber se o problema é de nossa alçada ou não.

Nem sempre o problema é solucionado com os famosos "REMÉDIOS COSMÉTICOS", que são os cosméticos que possuem em sua composição substâncias bioativas, sendo sua eficácia medida e aprovada através de estudos e sim uma QUESTÃO MÉDICA.

O que é Alopecia ou Calvície?

Calvície ou Alopecia é a mesma coisa, é a perda do cabelo, sendo ela total ou parcial, que é chamada de rarefação (é quando o cabelo vai ficando mais fino, ralo até o seu desaparecimento total). Este cabelo fino é chamado de VELOS, são os cabelos pouco desenvolvidos e claros, sem muitos pigmentos.

Este processo não ocorre simultaneamente e nem cai um montão de cabelo da noite para o dia, o cabelo vai ficando fino até desaparecer totalmente.

A calvície sempre existiu, mas na atualidade o problema afeta também pessoas muito novas e o número de mulheres vem crescendo muito.

Estatísticas

Atualmente 70% dos homens tem algum tipo de rarefação, calvície, iniciando ou já implantada.

40% das mulheres também sofrem com o problema (nas mulheres a rarefação é difusa, mais espalhada em toda a cabeça), porém diagnósticos recentes revelam muitas mulheres com rarefação masculina (nas entradas do cabelo). 

Cerca de 25% das mulheres, entre 25 e 40 anos e 30% das mulheres acima de 40 anos já apresentam algum grau de calvície.

Causas

Existem vários fatores que causam a calvície, classificamos em:

Pré-disposição genética transmitidas por ambos os pais, tanto paterno como materno, onde a criança tem 50% de chances de também ser calvo quando os pais apresentam, e uns 75% de probabilidade quando os avós também sofreram o problema.

Nas mulheres o problema pode estar relacionado com stress profissional, pois hoje existe a competitividade no mercado de trabalho, medicamentos, cosméticos agressivos, progressivas, problemas hormonais, emocionais, doenças e dietas.

Outros fatores

  • Desordem hormonal, incluindo início ou interrupção de uso de anticoncepcionais.
  • Pós parto/Período pré e pós, menopausa
  • Desnutrição/Má alimentação
  • Produtos tóxicos usados há muito tempo
  • Stress
  • Doenças epidemicas (Ex.Dengue)
  • Ovário Policístico
  • Menopausa precoce
  • Problemas na Tireoide

Calvície Androgenética é hereditária, nos homens a perda ocorre na parte superior e frontal da cabeça.

Nas mulheres a queda se concentra na parte superior e na coroa da cabeça.

Alopecia Areata

Na maioria dos casos é causada por questões emocionais, corresponde a uma área sem cabelo onde a parte fica lisa e pode aparecer em vários pontos da cabeça.

Alopecia Total, quando as placas da areata se encontram envolvendo toda a cabeça.

Alopecia Universal, quando invadem a parte do corpo, é uma questão de imunidade, o organismo começa a combater o cabelo como se fosse um vírus ou uma bactéria.

Alopecia Cicatricial, muitas vezes vem de alisamentos a base de ácidos, cirurgia, acidentes na cabeça

Alopecia por Tração, pode ser causada por uso de tranças que apertam os cabelos, rastafáris ou penteados que "tracionam" o cabelo, mega hair em cabelos muito finos que acabam não suportando o peso.

Tricotilomania, causado em pessoas que arrancam os cabelos, se trata de um transtorno psicológico.

A quimioterapia também derruba o cabelo porque o tratamento é muito forte, o corpo fica debilitado e reserva a energia para os órgãos vitais, deixando os cabelos de lado.

Isto também acontece na gravidez, nosso organismo prioriza outros órgãos que são fundamentais para a vida, a regra é CORPO SAUDÁVEL, CABELO SAUDÁVEL!

Como tratar a Calvície ou Alopecia?

  • Analisar a saúde.
  • Alimentação (a mais variada e colorida).
  • Faça exercícios.
  • Eliminar hábitos ruins (fumo, drogas, álcool, dietas exageradas).
  • Limpar excesso de oleosidade do couro cabeludo.
  • Ao lavar, não deixar resíduos de shampoo, máscara e condicionador.

Lembrando: Não somos médicos! Se a calvície estiver implantada não trate, não tente resolver, nosso dever como profissional é analisar a saúde da cliente e recomendar que procure urgentemente um dermatologista, nosso trabalho é cortar, colorir, descolorir, pentear e deixar o cabelo saudável e bonito, mas para isto a cliente precisa ter cabelo.

 

Educadores da Beleza - Comunidade de Colorimetria Avançada
Ler conteúdo completo
Indicados para você